Continuar comprando

CARRINHO

SUBTOTAL: R$ 0,00
FINALIZAR PEDIDO

POLÍTICA DE TROCA E GARANTIA

CONSERVAÇÃO, TROCA, DESISTÊNCIA E GARANTIA


CONSERVAÇÃO

  1. Escolha um calçado adequado para época do ano ou ocasião: calçados de couro só devem ser utilizados em tempo seco. Dias chuvosos ou terrenos molhados requerem calçados sintéticos, exceção daqueles produzidos em couro impermeável.
  2. O couro, assim como a maioria das matérias primas utilizadas nos calçados, vestuários e acessórios, estão susceptíveis a absorver tingimentos de outras peças, carecendo cuidado especial quando forem expostos ao contato direto com superfícies umidificadas, ainda mais aqueles couros de tom claro.
  3. Produtos em couro só devem ser lavados em serviços especializados. Não submeta o produto ao contato direto com água e nunca use máquina de lavar.
  4. Em casos de manchas leves na superfície do couro, removê-las com um pano úmido e limpo, mas se a mancha é mais profunda, como já dito, procurar serviços de profissionais em limpeza de couro. Jamais usar fluídos de limpeza, detergente, óleos ou álcool.
  5. Mesmo instalando metais de alta qualidade nos nossos produtos, aqueles que são utilizados em regiões litorâneas e com concentração de maresia, poderão perder seu brilho. Após utilização, limpe-os com pano levemente umidificado ou com produtos específicos para esse fim.
  6. Artigos em couro ou tecido utilizados para transportar maquilagens e produtos estéticos (batons, gloss, óleos, rímel etc.) requerem cuidado especial, pois esses produtos podem provocar manchas irreparáveis nas peças.
  7. Excesso de peso deforma bolsas, pastas e malas em couro, causando danos às costuras, alças e alterando o formato original.
  8. Atrito com superfícies externas podem causar danos irreversíveis ao tingimento do couro. Tenha cuidado especial com as extremidades das bolsas evitando choca-las com paredes, ou quando for dispô-las em mesas, balcões, piso ou porta-malas dos veículos.
  9. Caso a peça de couro receba chuva ou umidade, deixe-a ventilar e secar a temperatura ambiente. Nunca secá-la ao sol ou no calor direto.
  10. Calçados que causem desconforto inicial ou aparecimento de bolhas podem ser tratados com lasseadores ou hidratantes corporais na superfície interna, outras ações que não essas, podem danificar o produto.
  11. Saltos forrados ou pintados devem ser utilizados apenas em superfícies planas e lisas.
  12. Dirigir com calçado de salto, além de comprometer a segurança do usuário, provoca danos ao calçado, como também diminui sua vida útil.
  13. Não transportar materiais perfurocortantes no interior de bolsas, pastas ou malas, sem o devido acondicionamento da lamina.
  14. Deve-se evitar o contato direto do couro com a pele, pois ele absorverá a oleosidade natural da mesma.
  15. Intercale o uso do calçado de couro por no mínimo 24 horas para que ele elimine o suor e conserve sua forma original.
  16. Peças de couro, principalmente os calçados e, mesmo que novos, não devem ser armazenas por longos períodos para posterior utilização. A falta de uso também diminui a vida útil do produto, provocando trincas, rachaduras, esfoliações, descamações na superfície do couro, desprendimento da cola etc.
  17. Não guardar a peça de couro em saco plástico. A falta de ventilação pode provocar descoloração e mofo.
  18. Caso surjam sinais de mofo, usar um pano úmido de algodão ou flanela para removê-lo.
  19. Peças em couro utilizadas muito esporadicamente necessitam receber ventilação num local seco e à sombra.
  20. Quando for usar perfume, outras substancias estéticas ou de higiene, certifique-se que as mesmas não entrem em contato com o couro.

SITUAÇÕES QUE NÃO CARACTERIZAM DEFEITO

A grande maioria dos nossos produtos são produzidos em couro legítimo e como tais podem apresentar variações inerentes a matéria prima, o que não caracteriza defeito, como por exemplo: Variações de tons, vincos e pequenas marcas.

  1. Variações de tons, vincos e pequenas marcas.
  2. Calçados nobuc que soltam tinta em contato com a pele úmida, mesmo que por transpiração, pois essa é uma característica da matéria prima do produto.
  3. Calçados que causem desconforto ou pequenas bolhas no seu período inicial de utilização, pois isso está condicionado a anatomia de cada pé e para uma decisão mais assertiva na compra, fica o cliente livre para experimentar o produto ainda na loja.
  4. Palmilhas ou interior do calçado manchadas ou descoloridas, principalmente as de superfícies metalizadas, pois isso ocorrerá naturalmente após atrito e reação química do calçado com o suor dos pés e por questões fisiológicas, tal evento variará de indivíduo para indivíduo.
  5. Calçados ou bolsas manchados por atrito com vestuário ou superfícies externas, a exemplo de jeans ou estofados.
  6. Saltos forrados que sofram avarias por atrito no seu revestimento.
  7. Peças metálicas que sofram oxidação após sofrer abrasão por impacto da camada translucida protetora.

TROCA DE ITENS NÃO USADOS

Condições de Avaliação para Troca ou Devolução

  1. É possível desistir da compra ou requerer a troca do produto, desde que você manifeste essa intenção até sete dias após o recebimento do mesmo através do e-mail contato@aredda.com.br.
  2. Após manifestação prevista no item anterior, a Aredda informará, em até dois dias úteis, quais as ações deverão ser empreendidas para a devolução/troca do item.
  3. Nos casos de devolução ou troca, a logística reversa será indicada pela Aredda, sendo ela responsável pelos seus custos de retorno.
  4. Para os casos de devolução ou troca, é necessário que o produto esteja na sua embalagem original e com seu código de barras afixado da forma como no momento da compra.
  5. As trocas que não sejam por defeito de fabricação, serão feitas apenas para os itens que não foram usados.
  6. Itens em promoção ou com desconto concedido por pequenas avarias não podem ser trocados.
  7. Malas, bolsas e botas compradas no atacado não são passíveis de troca.

ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA ITENS USADOS

Condições de Avaliação para Reparo ou Indenização

  1. A garantia do seu produto é de até 90 (noventa) dias após a data do recebimento do produto.
  2. Para fazer jus a garantia é necessário a apresentação da Nota Fiscal.
  3. Caso seu produto seja reparado no período de garantia, essa garantia será estendida pelo mesmo prazo, restringindo-se única e exclusivamente ao componente ou parte reparada no produto.
  4. A Aredda poderá requerer previamente e por meio virtual, fotos do produto e seu suposto vicio.
  5. No caso de reclame por defeito de fabricação, a Aredda terá prazo de 30 (trinta) dias a partir da data da chegada do produto na empresa, para então avaliar o dano até a decisão pelo reparo, substituição ou indenização da mercadoria.
  6. Findado o prazo dos trinta dias, caso o novo produto reparado não seja postado para o cliente, ele poderá, mediante apresentação do comprovante de compra, requerer um produto novo idêntico ao comprado (desde que disponível em estoque), crédito compatível para compra de outro item ou devolução do valor pago.
  7. A comunicação da Aredda com o cliente para fins de troca ou reparo se dará exclusivamente por e-mail e no caso de ausência de resposta do cliente por um prazo superior a 180 (cento e oitenta) dias após a chegada do produto na Aredda, o item em questão será inutilizado e descartado.
  8. Danos causados por mau uso não são indenizáveis.